Sobre

Pe. Donizetti Tavares de Lima nasceu na cidade de Cássia-MG, no dia 03 de Janeiro de 1882, filho de Tristão Tavares de Lima e de Francisca Cândida Tavares de Lima, teve 8 irmãos. Quando Donizetti tinha quatro anos de idade, sua família mudou-se para a cidade de Franca-SP onde fez o curso primário e foi aprendendo os rudimentos da música.

Aos 15 anos de idade foi matriculado no curso preparatório do antigo Seminário Episcopal de São Paulo e depois de três anos cursou o Colégio em Sorocaba, voltando no ano de 1900 para o Seminário. No dia 12 de Julho de 1908 foi Ordenado Sacerdote em Pouso Alegre-MG.

Passou pelas Paróquias de São Caetano em Pouso Alegre; Jaguariúna; Paróquia de Santa Mãe de Deus; Paróquia Sant’Ana em Vargem Grande do Sul; no dia 24 de maio de 1926 foi nomeado Pároco da Paróquia Santo Antonio em Tambaú- SP onde chegou no dia 12 de Junho do mesmo ano, sua posse aconteceu no dia 13 de junho de 1926.

Trabalhou por 35 anos em Tambaú até o dia 16 de Junho de 1961 quando faleceu aos 79 anos de idade por complicações cardíacas.

“Pe. Donizetti tinha vida austera, sem luxo, nada de requinte. Sua aspiração era servir a Deus sobre todas as coisas. Tinha total zelo pelas crianças e idosos, mas acolhia a todos sem distinção”. (Livro Pe. Donizetti de Tambaú – José Wagner Azevedo).

Fundou uma creche, a Casa da Criança, cuidou dos trabalhadores, fazendo o circulo operário, e por fim olhou pelos idosos e fez o Asilo.

Possuía grande devoção e fé a Nossa Senhora Aparecida e providenciou uma imagem da Mãe de Nossa e assim a entronizou na Igreja Santo Antônio.

Em 1929 um incêndio destruiu tudo o que havia na igreja Santo Antonio, mas o fogo não destruiu a Imagem de Nossa Senhora Aparecida que foi salva intacta. Este fato foi atribuído como um sinal de Deus.

Na década de 50 muitos fatos aconteceram e que levaram o Pe. Donizetti a ter fama de Santo, muitas curas foram atribuídas a ele através de sua benção.

A Igreja São José não comportava tantas pessoas então foi construído um palanque em frente a Casa Paroquial na porta principal onde ele falava com todos em geral, já não podia atender individualmente cada um e tomou a decisão que no dia 30 de maio de 1955 seria a sua última benção em publico, mas prometeu que mesmo sozinho em seu quarto ele continuaria a rezar por todos.

Aconteceu o encerramento de sua benção com grande multidão presente na cidade de Tambaú , aviões sobrevoaram o local derramando uma chuva de pétalas de rosas, grande emoção tomou conta de todos, no dia 30 de maio de 1955.

O Pe. Donizetti faleceu no dia 16 de junho de 1961. A sua saúde foi se complicando devido ao diabetes e algumas insuficiências cardíaca fizeram que fosse internado várias vezes para que recebesse o tratamento no Hospital. Na manhã di dia 16 de junho, sentado em uma cadeira na porta da Casa Paroquial por volta das 11h15min ele faleceu.

Durante toda tarde e noite o velório aconteceu na Igreja São José e milhares de pessoas se aglomeravam para ver pela última vez o Pe. Donizetti e no dia 17 foi o sepultamento.

Após o seu falecimento até nos dias de hoje, muitos relatos de curas de Tambauenses e romeiros estão registrados, testemunhos de devotos a ele atribui graças.

Anúncios